Réu confesso que usou garota como escudo no Sertão

reu1.jpg

O jovem Marielson Nascimento Gregório, 22 anos, residente em Patos, réu confesso pelo duplo homicídio que vitimou o trabalhador Severino Cavalcanti Nunes e a pequena Maria Eduarda, ambos também de Patos, foi encontrado morto nesta quinta-feira, dia 12, por volta das 11h30, dentro de uma das celas do Presídio Procurador Romero Nóbrega.


O crime que chocou o sertão paraibano aconteceu no sábado, dia 07, por volta das 20h30, na Rua do Prado, Bairro Liberdade, em Patos, quando Marielson Nascimento fez vários disparos de arma de fogo atingindo as vítimas.


A Polícia Militar conseguiu prender Marielson Nascimento algumas horas depois da prática do duplo homicídio. O réu confesso foi enviado para o Presídio Procurador Romero Nóbrega onde foi encontrado sem vida sem esclarecimento de como teria ocorrido à morte.


O crime pode ter sido praticado por outros detentos que não perdoaram Marielson pelo assassinato de dois inocentes ou mesmo o réu confesso pode ter tirado a própria vida.


A reportagem tentou contato com a direção do Presídio Regional Procurador Romero Nóbrega para buscar mais esclarecimento sobre o fato, mas não obteve êxito.

1423395740.jpg

Postagem Recente