Comércio da PB registra maior queda de vendas do país


fazerdinheiro 000.jpg

O varejo paraibano apresentou queda de 13,6% nas vendas em maio deste ano em comparação com o mesmo mês do ano passado. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta terça-feira (14). O índice de queda na Paraíba foi o maior do país no mês, em comparação com o maio de 2014.


(Correção: o G1 errou ao informar, na publicação desta reportagem, que os dados das vendas do varejo eram relativos ao mês de junho. Na verdade, os dados correspondem ao mês de maio. A informação foi corrigida às 18h48).


Em relação ao mês de abril, a Paraíba apresentou queda de 1,8%, registrando o quarto pior desempenho do país, com índice melhor apenas que Sergipe, que teve queda de 3,9%, Amazonas (-3,1%) e Rondônia (-2,7%).


No acumulado do ano, ainda segundo o IBGE, o volume de vendas caiu 7,7%, segundo pior resultado do país. Considerando os últimos 12 meses a queda nas vendas é de 1,9%, sexto pior desempenho do país.


Na pesquisa divulgada pelo IBGE são considerados os resultados de vendas de combustíveis e lubrificantes; supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo; vestuário, calçados e tecidos; móveis e eletrodomésticos; artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria e cosméticos; equipamentos e material para escritório, informática e comunicação; livros, jornais, revistas e papelaria; além de outros artigos de uso pessoal e doméstico.



Varejo ampliado

A taxa de variação do volume de vendas do varejo ampliado, que inclui veículos, peças e material de construção, também foi negativa na Paraíba em maio. A queda foi de 17,5%, em relação ao mesmo mês do ano anterior.




G1 PB

Postagem Recente