STF julga liminar que pode tirar Renan do comando do Senado


O Supremo Tribunal Federal julga nesta quarta-feira (7) a liminar que mandou afastar o senador Renan Calheiros da presidência do Senado. A sessão foi marcada às pressas depois que a Mesa Diretora do Senado, em uma decisão inédita, desobedeceu ao ministro Marco Aurélio e manteve Renan no cargo. Virou uma crise entre os Poderes Legislativo e Judiciário.


Uma crise com todas as letras maiúsculas. A Mesa Diretora do Senado alegou que a decisão foi monocrática, ou seja, tomada por um só ministro do Supremo e decidiu, por isso, aguardar a decisão do plenário do STF, o que vai ocorrer nesta quarta-feira (7) no início da tarde. Na terça-feira (6), o senador Renan Calheiros se negou a receber a notificação do oficial de Justiça.


G1

Postagem Recente