Polícia Federal recebe segundo gravador usado por Joesley Batista


A Polícia Federal informou que recebeu na noite desta terça (23) o segundo gravador usado por Joesley Batista, um dos donos da JBS.

O aparelho estava nos Estados Unidos. O outro já havia sido entregue na segunda (22).

Agora, a PF vai fazer a perícia dos equipamentos, para saber se houve cortes ou edições nos áudios envolvendo o presidente Michel Temer e o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG).

Ao STF (Supremo Tribunal Federal), a polícia afirmou que pode levar até 30 dias para fazer a análise.

A defesa de Temer pagou uma perícia particular, que indicou "obscuridades" no material. O perito Ricardo Molina disse em coletiva de imprensa que a gravação não poderia ser usada como prova.

O chefe da perícia da PF na Lava Jato em Curitiba (PR), Fabio Salvador, contestou a rapidez com que o laudo contratado ficou pronto. Com informações da Folhapress.

Notícias ao minuto

Leia mais notícias acessando o portal www.jatobanet.com.br, siga nossa página no Facebook, inscreva-se no nosso canal e veja nossos vídeos no Youtube.

Postagem Recente