Morre em SP o jornalista Marcelo Rezende, aos 65 anos, de câncer


Morreu neste sábado (16) em São Paulo o jornalista Marcelo Rezende. Ele tinha 65 anos e lutava contra um câncer no pâncreas e no fígado desde maio.


O carioca Marcelo Luiz Rezende Fernandes se encantou pelo jornalismo aos 17 anos. Passou pela Rádio Globo, pelo jornal “O Globo”, pela revista “Placar” e ganhou destaque na TV Globo com reportagens investigativas de grande impacto, na década de 1990.


No Jornal Nacional, denunciou o caso da favela Naval, com o espancamento e o assassinato de moradores de Diadema por integrantes da Polícia Militar de São Paulo.


A cobertura teve repercussão internacional e entrou para a história do jornalismo brasileiro.


Com o programa Linha Direta, Marcelo Rezende se tornou também apresentador. As situações envolvendo violência eram representadas por atores. Foram muitas as denúncias feitas pelo público de criminosos procurados por assassinato, estupro e sequestro.


“Eu trabalho pelo interesse do público, da sociedade. Eu acho que esse é o meu papel”, disse ele ao Memória Globo.


Em 2002, Marcelo Rezende deixou a Globo e passou por outras três emissoras: Bandeirantes, Rede TV e Record.


Marcelo Rezende postou vários vídeos em redes sociais para falar de sua da luta contra a doença. O último é do dia 3 de setembro.


“O câncer que tenho tem altos e baixos como uma montanha-russa”.


Marcelo Rezende descobriu que estava doente no comecinho de maio. Tinha um câncer no fígado, já com metástase no pâncreas. Chegou a fazer quimioterapia, mas desistiu do tratamento convencional. Nesta semana seu estado se agravou. Marcelo deixa cinco filhos de cinco casamentos e uma neta.


G1

Leia mais notícias acessando o portal www.jatobanet.com.br, siga nossa página no Facebook, inscreva-se no nosso canal e veja nossos vídeos no Youtube.

Postagem Recente

Contatos:

(83) 9 9113 4151

(83) 9 9612 6828

 

 

Jatobanet.com.br - Cobertura de Eventos

2005 - 2021 © Todos os direitos reservados.