Ex-Pânico é preso acusado de manter conteúdo de pornografia infantil


Mesmo após seu fim, o programa Pânico continua envolvido em polêmicas. Dessa vez, um de seus ex-integrantes foi preso acusado de armazenar conteúdo de pornografia infantil.


Marcelo Eiji Harada, também conhecido como “japonês do Pânico”, foi preso nesta quinta-feira, 17 de maio e a delegada Elizabete Sato, diretora do DHPP (Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa) e ex-presidente do Conselho Estadual de Direitos das Criança, falou sobre a prisão.


“Ele foi preso em sua casa na zona sul de São Paulo durante a operação na manhã desta quinta”, disse a delegada. “Na casa dele foi encontrado um HD externo e, na vistoria técnica, foi identificado o armazenamento de conteúdo de pornografia infantil”, completou ela em entrevista ao UOL.


Marcelo, por sua vez, usou suas redes sociais para negar as acusações. “Pessoal, vocês conhecem a minha idoneidade, sabem que eu não faria nenhum mal a ninguém. É tudo mentira. Não acreditem. É tudo sensacionalismo”, afirmou ele.

Jatobanet com Otvfoco

Leia mais notícias acessando o portal www.jatobanet.com.br, siga nossa página no Facebook, inscreva-se no nosso canal e veja nossos vídeos no Youtube.

Postagem Recente

Contatos:

(83) 9 9113 4151

(83) 9 9612 6828

 

 

Jatobanet.com.br - Cobertura de Eventos

2020 © Todos os direitos reservados.