Maioria dos deputados estaduais não vai a ato pela Transposição em Monteiro


Doze deputados não irão ao ato ‘SOS transposição’ no próximo domingo (1º), em Monteiro, no Cariri. Outros cinco confirmaram presença no evento liderado pelo ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e que terá a presença da deputada e presidente do PT nacional, Gleise Hoffmann.


Participarão do ato: Cida Ramos (PSB), Estela Bezerra (PSB), Jeová Campos (PSB), Chió (Rede) e Anísio Maia (PT).


Os que não irão são: Buba Germano (PSB), Taciano Diniz (Avante), Adriano Galdino (PSB), Eduardo Carneiro (PRTB), Cabo Gilberto (PSL), Júnior Araújo (Avante), Tovar Correia Lima (PSDB), Camila Toscano (PSDB), Tião Gomes (Avante), Ricardo Barbosa (PSB), Doda de Tião (PTB) e Doutor Érico (Cidadania).


Os demais deputados não se posicionaram sobre o ato.


Buba sequer quis falar sobre o assunto, nesta quarta-feira (28). Taciano Diniz disse que estará em um evento do Democratas.


O presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino acredita que é preciso entender que é um problema técnico que impede a regularização da transposição. “Sou muito claro, faço oposição ao governo federal, mas sou claro nas minhas posições, se existirem motivos técnicos acho que esse movimento deve estar preocupado em buscar medidas técnicas para buscar a água para a Paraíba”, afirmou.


Quem também não vai e está vendo o ato com um propósito apenas político e que não trará soluções é o deputado Eduardo Carneiro. “Está claramente demonstrado que é um ato político e não tem a intenção de resolver o problema da transposição”, informou.


Cabo Gilberto disse que não vai ao evento por um motivo simples, segundo ele. “É um ato político para desgastar a imagem do presidente da República. Essa obra começou em 2005, tiveram quase quatro mandatos para terminar e não terminaram. Não é justo colocar essa responsabilidade no novo presidente”, argumentou.


Júnior Araújo informou que tem um compromisso no município de Cajazeiras, no Sertão, e por isso não irá ao evento.


A assessoria de Tovar e Camil, ambos do PSDB, confirmou que eles também não irão ao evento. Já Tião afirmou que só iria se o governador João Azevêdo fosse. Contudo, João já avisou que não estará no ato.


Apesar de ser socialista, o deputado Ricardo Barbosa não vai a Monteiro. Ele está em São Paulo e depois segue para Santa Catarina para evento da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale).


Doda disse que não foi convidado e que sabe que o governador João Azevêdo não irá, por isso também não estará presente. Doutor Érico disse que estará em um compromisso no município de Taperoá.



Quem vai

Estela se mostrou totalmente motivada para participar do ato político. “Esse ato em defesa da continuidade da obra da transposição é fundamental para a emancipação política e econômica da nossa nação”, justificou.


O deputado Anísio Maia também confirmou presença, até por ser um ato liderado também por petistas. “Eu vou, claro. É importante para o Nordeste”, declarou.


Quem também confirmou presença foi Chió. Ele garantiu que sua presença não será para protestar contra um presidente, mas para lutar pela segurança hídrica da Paraíba. “Eu participarei e faço isso pensando no bem de nossa Paraíba. Não vou protestar contra um governo vou para lutar para reivindicar que o governo possa concluir essa obra”, justificou.


Cida Ramo é uma das que está liderando o ato pela transposição e tem publicizado o mesmo em suas redes sociais. Jeová Campos, também socialista, disse que como presidente da Frente Parlamentar da Água ressaltou que não pode faltar ao evento.



Paraíba Debate



Leia mais notícias acessando o portal www.jatobanet.com.br, siga nossa página no Facebook, inscreva-se no nosso canal e veja nossos vídeos no Youtube

Postagem Recente

Contatos:

(83) 9 9113 4151

(83) 9 9612 6828

 

 

Jatobanet.com.br - Cobertura de Eventos

2020 © Todos os direitos reservados.