Luto na cultura: Poeta paraibano Valdir Teles morre de infarto aos 65 anos



Os fãs da cultura nordestina estão perplexos com a notícia da morte do grande poeta paraibano Valdir Teles. Segundo informações, o poeta repentista sofreu um infarto neste domingo (22), por volta das 16h e não resistiu, infelizmente.


O poeta Valdir Teles era natural de Livramento, na Paraíba, e era considerado um dos grandes cantadores da atualidade, aclamado no Nordeste, conhecido pela versatilidade e versos rápidos e de muita cultura expressa nos seus versos.


Valdir Teles tinha 65 anos de idade e morava em Tuparetama-PE desde 1993, tinha fãs e admiradores por todo o Nordeste.


Participou de vários festivais e cantorias de pé de parede. “Era um grande poeta, um grande ser humano, perdi um grande amigo”, disse o repentista Jomaci Dantas, o Lola, que organiza festivais em Patos e região.


O jornalista Eduardo Rabello, que é natural de Tuparetama-PE, informou da morte do poeta em suas rede sociais, e já é grande a repercussão da perda do poeta.


A cultura de repente está de luto e o céu está em festa. Como bem comentou o juiz Ramonilson Alves de Patos, o poeta não morre, apenas se muda: “Poeta não morre. É espírito superior, muda de palco. A poesia é perene! Mas deixará saudades”, afirmou o juiz.



Folha Patoense


Postagem Recente

Contatos:

(83) 9 9113 4151

(83) 9 9612 6828

 

 

Jatobanet.com.br - Cobertura de Eventos

2020 © Todos os direitos reservados.