PBGás anuncia redução de 7,8% na tarifa média do gás natural beneficiando todos os segmentos



A PBGás anunciou que a tarifa média do gás natural será reduzida em 7,8%, a partir desta sexta-feira (1° de maio), garantindo a competitividade do produto para todos os segmentos de mercado. A proposta foi encaminhada para a Agência de Regulação do Estado da Paraíba (ARPB) que, após análise, homologará as novas tarifas em publicação no Diário Oficial do Estado.


A Companhia Paraibana de Gás decidiu repassar a redução no preço do gás adquirido da supridora e reforçar o compromisso de reduzir os impactos da Covid-19 na economia. O impacto na redução da tarifa será de -7,8% para o setor automotivo (GNV), -9,0% para o Gás Natural Comprimido (GNC), -8,2% para o segmento industrial, -7,1% para o comercial e -3,3% para o residencial. A geração distribuída e o EVBA também terão redução de -9,7% e -9,1%, respectivamente.


De acordo com a diretora-presidente da PBGás, Taciana Danzi Oliveira Amaral, a proposta de redução tarifária fundamentou-se no atual momento de crise econômica causada pela pandemia da Covid-19, que provocou fortes impactos financeiros para seus clientes e para a própria Companhia, que também vem sofrendo em razão da perda de volumes decorrente da queda do consumo do gás natural.


“A redução do preço do gás natural representa um esforço da Companhia e de seus acionistas e irá amenizar o impacto para todos os seus clientes, principalmente nos segmentos industrial, comercial e automotivo, que são os que mais sofrem com o impacto da crise. Acreditamos que desta forma estamos contribuindo para o fortalecimento da nossa economia e para a preservação dos empregos, assim como tem sido também o esforço do governo do Estado” pontuou Taciana Amaral.


O diretor técnico comercial da PBGás, Paulo Sérgio Campos, explicou que o preço do GNV já vinha sem aumentos desde novembro de 2018, pois mesmo com a política de reajustes tarifários trimestrais, a PBGás decidiu não repassar os reajustes nos últimos 18 meses. Paulo Campos explicou que alguns postos em João Pessoa e Campina Grande já vêm adotando a redução no preço do gás nas bombas e essa tendência deve continuar com o anúncio da companhia de reduzir o metro cúbico do GNV em 7,8%, recuperando assim competitividade do produto para mais de 30% em comparação à gasolina.


“Neste momento de enfrentamento de uma grave crise de pandemia é fundamental a parceria entre a PBGás e os postos de abastecimento de combustíveis da região, com intuito de fazer chegar ao consumidor final todos os esforços da Companhia em reduzir a tarifa do gás natural veicular para que os consumidores percebam todas as vantagens representadas pelo uso do Gás Natural Veicular, que além de conferir o menor custo por km rodado aos motoristas em relação à gasolina e etanol, é um combustível mais limpo e ecologicamente correto ”, acrescentou Paulo Campos .


Em relação aos segmentos industrial e comercial, a PBGás também está reduzindo o valor da tarifa em 8,2% e 7,1%, respectivamente, o que é bastante significativo para o segmento manter a competitividade de seus produtos num cenário de queda na produção industrial e no consumo com o fechamento do comércio. “Acreditamos que a PBGás está cumprindo o seu papel e dando a sua contribuição para a retomada da indústria e do comércio local bem como a manutenção dos empregos e geração de renda nestes importantes setores da nossa economia”, completou Paulo Campos.



Paraiba.pb.gov.br


Postagem Recente

Contatos:

(83) 9 9113 4151

(83) 9 9612 6828

 

 

Jatobanet.com.br - Cobertura de Eventos

2020 © Todos os direitos reservados.