Paraibana é indiciada por suspeita de assassinar filho de três anos em São Paulo




A paraibana, mãe do menino de 3 anos que foi assassinado, foi indiciada pela Polícia Civil como a principal suspeita de assassinar o filho, Gael de Freitas Nunes, em São Paulo. A investigação também pediu à Justiça a conversão da prisão em flagrante da mãe para a prisão preventiva. Até a última atualização desta reportagem não havia uma decisão judicial a respeito da solicitação.

O caso ocorreu na segunda-feira (10). Gael estava com a mãe na cozinha quando a tia-avó chegou entrou no cômodo após ouvir choro e barulho de vidro quebrando. De acordo com a polícia, a mãe teve um surto psicótico.


Segundo o boletim de ocorrência, a mulher foi indiciada por homicídio qualificado por meio cruel. O documento também afirma que o menino foi socorrido e levado de ambulância para um hospital após ter sido encontrado desacordado, ferido e com parada cardíaca no apartamento onde morava com a mãe, a irmã dele de 13 anos e uma tia-avó da mulher na Bela Vista, no Centro da capital.


Click PB / G1


Postagem Recente